22 de set de 2015

ERVAS CURATIVAS: GINSENG


·         Nome Ginseng
Nome científico: Panax ginseng C. A Meyer
Partes usadas: raiz, a partir do 5° ano, quando seus princípios ativos estão completos.
Propriedades terapêuticas: antidepressivo, tonificante, ansiolítica, age nos sistemas cardiovascular e reprodutor. É anti-estressante, combate a impotência sexual, disfunção erétil e frigidez feminina, e insuficiência hormonal.
Indicações: O ginseng acelera o processo enzimático do glicogênio e da glicogenólise, aumenta a produção de ATP (adenosina trifosfato) substância de grande ação energética celular. Tem efeito anabolizante, aumenta a síntese das proteínas, estimula a produção de sangue (hematopoiese) na medula óssea. Tem efeito vasoregulador, ajudando a normalizar a pressão arterial. Seus efeitos afrodisíacos são conhecidos a milênios. Aumenta a capacidade sexual, melhorando a freqüência da ereção masculina e favorecendo ainda, a produção de espermatozóides, estimulando os gânglios sexuais de ambos os sexos. Aumenta ainda a produção hormonal. Atua no estado de hiperglicemia potencializando a ação da insulina.
É tanto estimulante como relaxante do sistema nervoso central (SNC), semelhante à adrenalina.
Modo de usar
Uso interno – decocção – 3 g de raiz em 20 ml de água. Ferver durante 10 minutos, esfriar, coar e tomar até a hora do almoço, pois após, pode tirar o sono de algumas pessoas.
Extratos: 20 gotas, 3 vezes ao dia.
O extrato de ginseng tem efeito estimulador da hemotopoiese, aumentando a atividade na medula óssea e do hematócrito
Contra indicações: Não é indicado durante gravidez, caso de pressão alta e com terapia anticoagulante e menopausa.
Outras observações: É uma planta herbácea perene, de raiz aprumada e dividida, tendo o ginseng folhas de palma e pequenas, flores esverdeadas, que aparecem no fim do verão. É originária das zonas geladas e montanhosas da China, Japão, Coréia e Nepal.
A raiz do ginseng vem sendo utilizada ininterruptamente tem mais de 1000 anos na China, pelas suas propriedades tonificantes. Foi introduzida na Europa a partir do século XVIII e tem sido objeto de numerosos estudos científicos, em função das suas extraordinárias virtudes.
O seu nome científico, Panax, vem do grego pan(todo) axos(cura). Para os chineses, o ginseng é uma autêntica panaceia, curando uma grande variedade de patologias.

Os seus eleitos afrodisíacos deram-lhe uma grande popularidade nos países ocidentais, onde o stress e o uso do tabaco, do álcool e de outras drogas constituem uma agressão contra a potência sexual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário