7 de out de 2015

ERVAS CURATIVAS: AS ALGAS MAIS CONHECIDAS



Nome científico: Macrocystis pyrfera
Partes usadas: toda a alga Família: Phaeophyta
Propriedades terapêuticas: antiviral, antitérmico, remineralizante, combate a anemia, males hepáticos, e ajuda na reconstituição dos tecidos. É recomendado também no combate às rugas, celulite, flacidez da pele, queda dos cabelos, bem como ajuda a conservar a cor natural dos mesmos.
Indicações: as algas marinhas não são plantas pertencentes ao reino dos protozoários. A alga marinha, embora se pareça com uma planta, é mais primitiva do que elas, não possui folha, caule nem raiz.
Na alimentação pode ser ingerida com cereais crus ou cozidos, bolos, no chá, como recheio nos pães ou em forma de pasta. São vários os tipos de algas marrons: hijiki, kelp, wakame (esta para sopa). Os tipos de algas vermelhas usadas como alimentos são: agar-agar, dulse, musgo irlandês.
Principais Algas e suas Funções:
·         Chlorella
A chlorella, Chlorella pyrenoidosa, possui como princípios ativos, proteínas (65%), lipídeos (9%), fibras (2%), carboidratos (13%), cinzas, vitaminas e sais minerais e outros componentes como: xantofila, ferro, vitamina E, sódio, vitamina B 1, clorofila, fósforo, ácido fálico, cálcio, vitamina C, ácido pantotênico, vitamina B 12, B 2, ácido nicotínico, caroteno, potássio, magnésio.
A chlorella é uma alga unicelular microscópica, encontrada em tanques e lagos, com grade habilidade de realizar fotossíntese. É uma alga de fácil digestibilidade, possui uma parede celular rica em fibras, que regulam o intestino e promove as funções digestivas. Sua parede celular combate também vírus danosos, aglutina poluentes, mantendo o organismo livre de
toxinas. Estimula os glóbulos brancos a produzir interferon, substância que luta contra vírus e bactérias. Ajuda a suprir as deficiências e atua no fígado estimulando suas funções. As proteínas são integralmente aproveitadas pelo organismo em seu metabolismo, bem como a clorofila e o magnésio que são transformados em elementos fundamentais para o sangue. A presença de cálcio indica que é auxiliar no tratamento de fraturas, enfraquecimento ósseo e osteoporose. O alto teor de fósforo proporciona uma maior e melhor atividade cerebral. Rica em vitaminas do complexo B, principalmente B 12, vital na formação e regeneração de células sangüíneas que juntamente com o ferro, fazem desta alga um produto indicado como coadjuvante no tratamento e prevenção da anemia.
Devido à riqueza de propriedades contidas em sua composição, é indicado como auxiliar no tratamento da obesidade, fornecendo elementos normalmente ausentes em regimes de emagrecimento, além de provocar sensação de saciedade quando ingerido antes das refeições.
Ela é uma alga microscópica de água doce do Japão, conhecida como super alga, e ingerida em grande quantidade através de cápsulas comprimidos e pós, é indicada para tratamento e prevenção de diversos males, devido aos seus aminoácidos (22), vitaminas e sais minerais.
Ela promove pele, cabelos e unhas saudáveis, devido ao beta-caroteno e a vitamina E, que melhoram a aparência, as vitaminas B e os minerais.
Características: essa espécie de alga é a que mais rapidamente cresce, chegando a 30 cm por dia, com isso, alcançando vários metros de comprimento, podendo ser encontrada sob a superfície marinha é encontrado emem todos os oceanos e águas doces.
·         Alginato
Açúcares compostos e complexos derivados das algas marrons. São recomendados para os casos de azia e esofagite, além de ser usadas nos alimentos como espessantes, na indústria de comércio e de drogas. Como pomada, tem sido utilizada para ferimentos de diversas espécies, pessoas que ficam doentes por ficarem muito tempo deitadas, incluímos também queimaduras.
·         Agar-agar
Retirada das algas vermelhas, o pó branco é uma das substâncias mais utilizadas nas indústrias farmacêuticas e alimentícias. Com o contato da alga com o estômago, tem o seu volume aumentado, protegendo-o contra irritações causadas por outros agentes químicos.
Devido a esse processo, seu uso é indicado para a redução do apetite, nos casos de obesidade. Por não possuir muitos nutrientes, o produto deve ser consumido juntamente com alimentos que facilitam a digestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário