1 de jan de 2016

2016 SERÁ O ANO DO MACACO DE FOGO !


O Samsara, por Shirley Machado
2016 será o ANO DO MACACO DE FOGO !
Um ano muito auspicioso! Conheça a energia que vai predominar no período :
Um ano cheio de possibilidades !
Tudo pode acontecer no Ano do Macaco de Fogo. Nesse período, há pouco valor em acumular bens ou planejar demais a vida, pois a influência do macaco coloca tudo em movimento. As coisas evoluem através de esforços pessoais e individuais. Movimentos de grupo, como agitação política, greves ou revoluções, não vão fazer grande marca durante este ano.
Este animal insolente explode em exuberância, trazendo um ritmo acelerado e uma motivação fantástica. O macaco aumenta a comunicação, humor e sagacidade, nos ajudando a passar momentos de stress com graça e facilidade. O que o macaco oferece de melhor é a capacidade de encontrar soluções não convencionais para problemas antigos. Abuse da criatividade !
Apesar de ser um ano animado, otimista e progressista, onde as finanças, economia e política devem ver uma recuperação, haverá ainda uma corrente de insegurança. Todo mundo quer ser mais esperto, obter o melhor negócio, e ganhar muito. No entanto, as decisões de negócios feitas esse ano devem ser baseadas na razão, e não na emoção.
O Ano do Macaco é momento particularmente auspicioso para novas invenções, para assumir riscos e ser inovador; um ano onde as mentes inventivas e de coragem indomável vão brilhar. Agora é o momento de coragem, ação, e verdadeira fé. Tempo para começar novos empreendimentos, pois eles estão destinados a ter sucesso sob a influência de macaco.
No âmbito individual, estude mais, aprenda coisas novas, coloque em prática ideia inovadoras. Se expanda! Movimente-se! Lembre-se que este ano vai premiar o esforço individual e aqueles que apostam suas fichas no coletivo poderão enfrentar algumas frustrações.
O Ano do macaco 2016 é um bom ano para se libertar de tudo o que o oprime e incomoda, assumir mais riscos e seguir o desejo do seu coração. As energias estão apoiando essas mudanças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário