13 de dez de 2017

ORAÇÃO PARA TER A SORTE


Salve a luz da luz, salve a correnteza remota das grandes falanges de luz. 
Invoco o soberano poder da sorte em minha vida e em tudo o que eu 
me propuser a fazer ou necessitar. Que em minha casa não falte o pão 
necessário para a vida, 
luz do mundo, luz da luz, luz da sorte, luz da vida, luz do caminho.
Em nome do Supremo invoco a sorte, e em nome do Supremo terei sorte, 
que repetida setenta vezes atrai sorte. 

Terei proteção em todos os momentos de minha v
ida e defesa 
contra meus inimigos para que não tenham força para atrapalhar o meu caminho, porque setenta vezes invoco a sorte, setenta vezes tenho a sorte, 
setenta vezes terei sorte 
em nome de Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito, eu terei ao meu lado 
setenta vezes, 
setenta anjos da sorte. Assim seja.
Ó misterioso espírito, tu que diriges todos os fios de nossa vida!
Desce até a minha humilde morada.


Ilumina-me para que eu consiga por meio dos abstratos e secretos 
números dos jogos, o prêmio que há de dar-me fortuna.
Com ele, a felicidade e a tranquilidade que tanto preciso dentro da minha alma.
Examine-a. Certifique-se que as minhas intenções são boas e nobres.
Só visam o bem e o proveito meu e da humanidade em geral.

Não ambiciono riqueza para mostrar-me como egoísta ou tirano.
Desejo dinheiro para comprar aquilo que preciso, ter paz a minha alma, 
a ventura dos meus, dos que amo e a prosperidade das minhas empresas.
Todavia, se tu sabes, ó soberano espírito, chave infinita de sabedoria 
que ainda não mereço a fortuna e que devo ainda esperar muitos dias 
sobre a terra no meio das dificuldades, amarguras e batalhas da pobreza, 
faça-se a tua soberana vontade.

Eu me resigno aos teus decretos, mas tenha em conta os meus propósitos 
e o fervor que te invoco, as necessidades em que me encontro, para que no dia 
que estiver escrito no livro do destino seja atendidos satisfatoriamente 
os meus desejos expostos com toda a sinceridade, verdade e ansiedade do meu coração. Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário